20051201

Sobre as pequenas e grandes coisas na vida.

“Um professor queria demonstrar um conceito aos seus alunos. Pegou um vaso de boca larga, colocou dentro dele algumas pedras, e perguntou à classe: ‘O vaso está cheio’. Unanimemente os alunos responderam: ‘Sim!’ O professor então acresceu ao vaso um punhado de pedregulhos, que se alojaram nos espaços entre as pedras. Depois refez a pergunta: ‘E agora, o vaso está cheio?’ A maioria respondeu: ‘Sim!’ O professor então muniu-se de uma pequena pá com areia, virou-a sobre o vaso e essa areia preencheu os espaços entre os pedregulhos. Novamente ele perguntou: ‘Está cheio?’ Alguns alunos responderam: ‘Sim!’ Em seguida ele pegou uma vasilha com água e a despejou dentro do vaso. Obviamente que a água saturou a areia. Nesse ponto o professor modificou a pergunta: ‘Qual o objetivo desta demonstração?’ Um jovem talento arriscou a seguinte resposta: ‘Não importa quanto a agenda da vida de alguém esteja cheia, ele sempre conseguirá espremer dentro dela mais algumas coisas!’ ‘Não’, respondeu o professor. ‘O ponto é o seguinte: a menos que você coloque primeiro as pedras grandes dentro do vaso, nunca mais conseguirá colocá-las lá dentro. As pedras grandes são as coisas importantes de sua vida: sua família, seus amigos, seu crescimento pessoal e profissional. Se você preencher sua vida somente com coisas pequenas, como pedregulhos, as coisas realmente importantes nunca terão tempo nem espaço em sua vida.”

Confesso que no meu vaso as minhas pedras eu já coloquei. Agora estou na fase de catar coquinhos pois o "cascalho" anda em falta...

8 Comments:

Blogger Gabriel said...

Macaco velho não mete a mão em cumbuca, diz o ditado...Tenho outra tese sobre socar pedras e cascalhos na garrafa da vida, mas isso fica para outro dia.
O titulo de Joao Cabral: Poesia e Composição.
Um abraço

8:56 AM  
Anonymous Carlos said...

Conheço esse texto, mas numa versão um pouquinho diferente. Todos precisam aprender a valorizar o que têm de mais importante na vida. Alguns farão isso rápido, outros vão demorar um pouco mais e ainda existirão os que nunca conseguiram aprender a dar valor ao que realmente importa. Abraço.

2:27 PM  
Blogger Jackie said...

Puxa Álvaro, que post interessante.... eu nunca havia atentado para isso... vou modificar o meu vaso e colocar as pedras grandes primeiro, hehehehe. Um grande abraço!!

6:28 AM  
Blogger Rodrigo said...

poxa...belo texto hein...
bacaníssimo...
um belo fds a vc!

6:35 AM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

vim conferir se estava abrindo, que bom,tudo em ordem,rsss
lindo dia meu querido!!
beijosssssssssss
*amei o que escreveu lá..guardadinho está.

7:33 AM  
Anonymous Tarci said...

eh realmente de se pensar...
eu n sei.. :///

11:51 AM  
Anonymous Dani said...

vou começar a recolher minhas pedras...beijos doces, lindo findi...

4:33 AM  
Blogger Dani said...

É a velha e boa lição de saber escolher o que realmente importa na vida e saber dosar o que é bom mas não é importante. Obrigada pela visita, volte sempre. Abraço.

5:15 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home