20060724

Sobre a influência da música no estudo

Embora o meu pensamento e a minha filosofia atual de vida sejam frutos exclusivos de um aprendizado autodidata, todo estudo acadêmico, da infância para frente, faz parte do preparo do homem para servir e sobreviver no mundo. E, para isso, se prepara melhor aquele que sabe utilizar sabiamente o tempo e os recursos disponíveis.

O homem é o que pensa. Assim devemos cuidar com muito carinho de nossos pensamentos. A mente tem a capacidade de atrair à atmosfera individual aquilo que pensa. Por esse motivo o pensamento negativo é altamente prejudicial ao indivíduo. Se você quiser triunfar na vida, nunca permita que sua mente sirva de guarida para pensamentos negativos e pessimistas.

Devemos pensar sempre positivo, mas também precisamos saber utilizar os pensamentos. Se nós vamos prestar o vestibular, de nada adianta nos preocupar com as provas e exames se eles irão acontecer amanhã. Devemos estar sempre preparados, mas com segurança, equilíbrio e consciência para vivermos o dia de hoje. O correto é viver o aqui e agora, concentrando-se em cada questão, sem se deixar levar pelo desespero. Em toda prova quotidiana ou estudo acadêmico devemos nos centrar primeiramente nas questões que temos a certeza de saber resolvê-las e deixar as mais difíceis para o final. Esse procedimento deve ser adotado em qualquer circunstância da vida, sempre mantendo o equilíbrio, a serenidade e a harmonia.

Quem estuda, deve evitar estudar em locais com muitos ruídos, em frente da tevê, ou com músicas inadequadas, pois nesses ambientes a consciência fica em estados alterados, prejudicando o aprendizado. A Musicoterapia é um importante auxiliar do estudo, da concentração, do sono e também nos ajuda a eliminar o estresse, nervosismo, depressão e estados destrutivos.

Parte deste texto está em “Sons para a Saúde e Bem-Estar” dedicado à “Música para Estudo e Concentração”, uma coletânea com CD's que certa vez eu comprei e gostei, de ler e ouvir, principalmente os "clássicos" de algumas obras de Mozart, Betthowen, Bach, Vivaldi e outros...

4 Comments:

Anonymous Ordisi said...

É sempre um prazer receber seus conselhos tão valiosos. Concordo com vc. Me desespero quando alguém diz que está estudando tendo um livro aberto à frente e a TV ligada ao lado...

Grande abraço.

2:00 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Tem razão Álvaro, a música suave, calma, doce, ajuda na concentração.

Gostei muito da postagem.
Linda noite querido,
beijosssssssss

3:32 PM  
Blogger Márcia said...

Seus comentários são como afago, gosto muito de recebê-lo e fico de ego inflado,rss
Obrigada querido,
lindo dia,
beijosssssssssss

11:08 AM  
Anonymous Anonymous said...

oi alvaro vc sabe me dizer aonde q eu posso encontrar p/ comprar essa coletanea q vc referiu no texto? ou tbm pode ser aonde arruma alguma informação sobre ela na internet pq eu n achei nada relacionado

12:36 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home