20060526

Meu pedido

Não me deixe de castigo
Amor meu, que sou teu.
Ouça o que digo:

Me afague com carinho,
Enche-me do amor seu!

Passe as mãos em meus cabelos,
Ondule-os com os seus desejos;
Não tenha nenhum receio,
Haverá de sentir-se bem,
Afogada em meus anseios.

Delicie-se com ele,
Enamore-se de seu parceiro.

Costure seus pensamentos,
Apazigue seu temperamento,
Saibas ser caridosa,
Tenha fé: badale seu sino,
Invista em seu futuro,
Goste de quem te ama,
Ouve a voz de seu destino!

5 Comments:

Anonymous Ordisi said...

Vou deixar que as suas leitoras comentem sua veia poética, caro Álvaro.

Eu vou logo ali ver o que vc. postou sobre futebol. Faz mais o meu gênero, pô!

:)

Abrs.

2:02 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Isso é um poético pedido de reconciliação, nada como uma boa noite de amor para que tudo entre nos eixos.
Muito lindo Álvaro!
Lindo findi querido,
beijossssssssssss

8:13 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Álvaro meu querido,
obrigada por nos momentos de relaxamento quando poda sua hera lembrar-se de mim...realmente adoro poesias, não estou vivendo momentos duros, ruins, claro que não, pelo contrário, concreta está minha vida e ando breve,sem mais delongas, mas feliz...
A mim também a solidão se faz parceira e meus sonhos não inteiramente compartilhados fazendo assim a vida parecer mais dura do que é na verdade.
Não reclamo,vivo e vivendo sonho e sonhando realizo.
Obrigada por suas palavras, eu gosto tanto de seus pensamentos.
Fica bem meu amigo,
linda semana,
beijossssssssssss

1:07 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

linda noite!
beijosssssssss

2:39 PM  
Anonymous Ordisi said...

Férias, Álvaro?

Tá tudo zen?

Abrs.

10:52 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home